ARMÁRIOS DE COZINHA: 7 ideias de decoração para se inspirar.

Fuja do básico e aposte em cores, formas, materiais e combinações inusitadas

Pensando em reformar a cozinha? O seu primeiro instinto pode ser trocar o revestimento das paredes ou do piso, mas substituir ou reformar os armários pode ser o suficiente para dar uma vida nova ao ambiente – seja com um toque de cor ou um novo modelo inusitado. Que tal assumir a marcenaria como a estrela? Inspire-se em 7 projetos com diferentes propostas de armários para a cozinha.

1. Mix elegante

Pintada de grafite, a porta de entrada fica ao lado da pequena – e prática – cozinha.
O tom de azul-marinho dá mais charme ao espaço.
(Foto: Manu Oristânio/Divulgação )

O que há de melhor nas paletas modernas está aqui: madeira, tons de concreto, muito branco e o verde da natureza. E para que todo mundo fique à vontade nos dias de festa, a cozinha não tem paredes. O azul marinho traz destaque aos armários da cozinha e combina perfeitamente com o armário em tom de madeira, junto à bancada, que serve de divisória de ambientes.

2. Movimento industrial

Cooktop, forno e microondas dividem espaço com as prateleiras suspensas e seu vitrô
móvel. Na parte de baixo, um armário guarda os utensílios do dia a dia. Na paleta,
reinam cinza e verde pastel.
(Foto: Evelyn Müller/Divulgação)

Cabe uma vida inteira em 30 m². Os ajustes se concentraram na troca dos revestimentos e na marcenaria moderninha e bem desenhada. A cozinha é pequena, mas completa. Para guardar todos os utensílios, a aposta foi combinar armários e prateleiras suspensas, em tom de verde pastel, que prevalece na marcenaria de todo o apê. O vitrô móvel é um charme a parte e o vidro ondulado traz o ar industrial à decoração.

3. Divisão vibrante

A face voltada para o living tem 1,30 m de largura. Já o refrigerador fica embutido no nicho criado sob medida no meio do armário. Esta face, voltada para a bancada, mede 2,15 x 2,20. (Foto: Edu Castello/Editora Globo)

Integrar ambientes nem sempre é a melhor solução para apartamentos pequenos. O móvel tem três faces: uma voltada para pia, outra para o hall de entrada e a terceira para o living. Para contrastar com o amarelo vibrante, os nichos foram pintados de cinza.

4. Preto nada básico

O fogão industrial que o morador já possuía combinou com a bancada, a parede e a prateleira de concreto moldados na obra. Quadro do artista pernambucano Mauricio Nogueira Lima. (Foto: Christian Maldonado / Editora Globo)

A cozinha é uma obra de arte por si só. O fogão industrial que o morador já possuía combinou com a bancada, a parede e a prateleira de concreto moldados na obra. O armário de preto fosco complementa perfeitamente a decoração.

5. Combinação despojada

A mesa serve de apoio para refeições rápidas e para quem assiste ao preparo dos pratos.
(Foto: Edu Castello/Editora Globo)

A mesa serve de apoio para refeições rápidas e para quem assiste ao preparo dos pratos. Nos armários, tom de madeira e azul dividem espaço, em uma combinação charmosa.

6. Sem medo de ousar

(Foto: Lufe Gomes/Editora Globo)

A parede da bancada ganhou frontão para evitar respingos. Tudo foi executado em MDF com laca vermelho-púrpura, escolhido para os armários, trazendo unidade ao ambiente.

7. Intensidade roxa

(Foto: Edu Castello/ Editora Globo)

Localizada no vigésimo andar de um prédio, a cozinha deste apartamento foi integrada à varanda. Como efeito da união, a entrada de luz natural abriu caminho para o uso de cores e texturas fortes. Aos ladrilhos hidráulicos de tons violáceos foram combinados os armários feitos na cor cinza. Já os armários superiores levam tom de roxo. Nos nichos ao lado da adega, de aço inox, armários abrigam louças e eletrodomésticos.


TEXTO EXTRAIDO DO SITE revistacasaejardim.globo.com
02/04/2019 - 07H10 - POR ALINE MELO COM STÉPHANIE DURANTE

Add Your Comment